Uma máquina e um puzzle de memórias, o engenho nostálgico de Hubmann

"Máquina de memórias" o engenho nostálgico de Patrick Hubmann

Instalação transforma  as memórias individuais da população de Santa Maria da Feira em pequeno vídeo 

• Hubmann já veio em 2018 a Santa Maria  da Feira. E é sempre bem vindo.

Termina quinta-feira, dia 6 de julho, a exposição de Patrick Hubmann, (clique no mome para conhecer mais do seu trabalho) intitulada “Máquina de Memórias”. Após a primeira apresentação no festival Imaginarius, a máquina regressa, agora, para acompanhar o novo ciclo de projetos “140 mil memórias”. 

Uma instalação temporária onde se armazenam objetos recolhidos entre a população de Santa Maria da Feira, cada objeto representa uma memória individual de uma pessoa e é contada por um pequeno vídeo exibido no interior da estrutura. Estas peças individuais são montadas em carrinhos pequenos e são montadas pela ‘máquina’ através de rampas e do elevador, a fim de criar uma memória coletiva dinâmica. 

Hubmann no festival Imaginarius de  2018 expôs “A bicicleta” e “A Máquina da Memória” 

“A qualidade de um objeto para mim é definida pela qualidade das relações que invoca. Fazer instalações em espaços públicos, oficinas e trabalhar com diferentes comunidades dá-me um ponto de vista privilegiado e um feedback imediato sobre o valor de minhas ideias”, explica Patrick Hubmann. 

 

O evento decorre no Museu Convento dos Lóios e está disponível para visita de terça a sexta-feira, das 9h30 às 17h00, sábado e domingo das 14h30 às 17h30. A entrada é gratuita, para mais informações poderá contatar o museu pelo número 256 331 070 ou pelo e-mail: museuconventodosloios@cm-feira.pt.

Notícias Relacionadas