Reconhecer boas ações e gestos que fazem a diferença

Reconhecer boas ações e gestos que fazem a diferença

As notícias não são apenas para celebridades e políticos. Pessoas como nós também temos ações dignas de aplausos e reconhecimento.

Raramente fazia menção às histórias que me apaixonavam porque pensava que não eram tão importantes como a notícia de uma tragédia ou as piadas de uma qualquer celebridade, às vezes quase tão fracas como uma francesinha Lisboeta.

Depois de um longo debate pessoal perguntei-me se alguém que reforça os aspetos positivos da nossa comunidade não mereceria mais do que um simples “post” no Facebook, Instagram ou Twitter. Perguntei-me ainda se só as histórias mais angustiantes ou até exasperantes mereciam ser contadas. Conclui que não devemos  apenas reforçar os aspetos positivos dos nossos líderes ou as consequências nefastas das tragédias, mas também elevar as boas atitudes da nossa comunidade (da qual também pertenço). É essa obrigação que vou passar a reconhecer, publicando as pequenas ações das pessoas do nosso concelho e como bónus já me posso sentir bem por ter feito uma boa ação!

Aqui estão alguns excelentes exemplos de cidadania ao alcance de todos nós e que também pode experimentar.

 

• Argoncilhe | 18 abril – Grupo de Corridas de Argoncilhe 

No decorrer do seu 161.º treino, os atletas do Grupo de Corridas de Argoncilhe foram  surpreendidos por três cadelas de raça muito idêntica ao Labrador, que abandonadas decidiram correr atrás da equipa argoncilhense à procura da sobrevivência. A bravura dos animais valeu-lhes uma casa porque o grupo resgatou-as. O atleta Vasco Neves adotou uma e as outras duas, graças ao Paulo Gomes e à Carla Santiago, foram acolhidas e já encontraram família para eles.

 

• Caldas S. Jorge | 1 de março – Escuteiros das Caldas de S. Jorge

O plástico e o lixo continuam a ser um dos maiores problemas enfrentados pelo meio ambiente. Felizmente este é um impacto negativo que todos podemos minimizar. Inspirados pelo “Desafio Trashtag” (clique no nome para conhecer mais sobre a iniciativa) os “lobitos” do Agrupamento 901 Caldas de S. Jorge aceitaram uma tarefa que está a correr o mundo e que encoraja as pessoas a remover o lixo das áreas poluídas, fotografar e publicar nas redes sociais. É caso para dizer “Se estes pequeninos conseguem fazer tanto, todos conseguem, cada bocadinho conta! Mais alguém quer fazer este desafio?”

 

• Fiães | 2 de maio – Alunos da Coelho e Castro

Todos os anos, centenas de toneladas de lixo acabam nos rios e riachos do nosso concelho e é mais uma daquelas monstruosidades que muitas das vezes resulta da nossa falta de civismo. No dia 2 de maio, as turmas dos 8 °C e 11 °C lideraram um esforço de limpeza numa das hidrovias do parque das Ribeiras do Rio Uíma. Entre muitos resíduos foram encontrados plásticos, latas, roupas, pneus e até bonecos. Esta ação teve como objetivo a sensibilização da população escolar para o grande problema que o mundo enfrenta em relação aos resíduos produzidos e indevidamente “atirados” para o ambiente.

 

• União de Freguesias de São Miguel de Souto e Mosteirô 

Inaugurado em fevereiro de 2019, o CAS – Centro de Apoio à Saúde, tem como principal objetivo a prestação de cuidados de saúde, de forma gratuita, à população da União de Freguesias de São Miguel de Souto e Mosteirô. Situa-se no edifício da Junta de Freguesia de Mosteirô e funciona duas vezes por semana, todas as terças e Quintas Feiras, das 14h às 16h. No CAS poderá realizar tratamento de feridas simples; retirar pontos de suturas/agrafos;  administrar injetáveis intra musculares e subcutâneos; avaliar sinais vitais, como a tensão arterial e receber ensinos para a saúde e bem-estar, com a vantagem de não precisar de efetuar marcação prévia.

Uma iniciativa de saudar que reduz o tempo e as filas de espera nos hospitais, médicos, postos de saúde e até mesmo nas farmácias. 

Agora faça você também uma boa ação e partilhe este artigo, para que, nem só de tragédias se encham as redes sociais.

Notícias Relacionadas