Será você a próxima vítima do ódio virtual?

Será você a próxima vítima do ódio virtual?

Apresentação do livro “Quem vamos queimar hoje?”, um olhar atento de Nelson Costa a todos os que se viram na mira do ódio virtual.

 “Quem vamos queimar hoje?” é um conjunto de conversas sobre a vida moderna, revelador de como os limites do que é hoje moralmente aceitável está a ser redefinido pelas redes sociais. Um diálogo que chama à conversa algumas figuras públicas que já se viram na mira do ódio virtual.

Entre muitos nomes destacam-se o de Henrique Raposo, Maitê Proença, José Cid e Carolina Patrocínio que explicam o que originou a polémica, quais as consequências para as suas vidas e como lidaram com isso.

A cerimónia de apresentação vai decorrer no Polo de Souto da Biblioteca Municipal de Santa Maria da Feira, em S. Miguel de Souto, no dia 8 de junho, pelas 17h00, e tem entrada gratuita.

Sinopse:

“Na idade média, os autos-de-fé aconteciam num lugar público , onde todos podiam ver o “penitente” a ser queimado.

 

Hoje, as redes sociais assumiram esse papel. A indignação coletiva começa a circular e cresce, podendo atingir a forma de um furacão, destruindo tudo e todos pelo caminho. O objetivo: demonizar, ridicularizar, inferiorizar e envergonhar quem se atreveu a exprimir uma opinião. Da mesma forma que as redes sociais são um poderoso instrumento de denúncia de injustiças, a sua força pode transformar-se numa forma de controlo social, através do recurso à vergonha pública”.