Prepare essas nádegas: kilamú Killa ensina ‘Kuduro’ este sábado no Cineteatro

Prepare essas nádegas: Kilamú killa ensina Kuduro este sábado no Cineteatro

O magnetismo e a sensualidade angolana vão eletrizar o palco

Clique no vídeo para ver Killamú em acção

O Ballet Contemporâneo do Norte (BNC) volta a surpreender — são quatro sessões de dança que ultrapassam os limites do mapa europeu e trazem à Feira coreográficos internacionais que, nas últimas duas décadas, têm inspirado a cultura pop/hip-hop e as danças urbanas a nível mundial.

O cartaz está inserido no programa €UROTRA$H, com curadoria de Rogério Nuno Costa, e é realizado em estreita colaboração com profissionais oriundos de países de Língua Oficial Portuguesa atualmente a residir e a trabalhar em Portugal

A primeira sessão decorreu em abril e o palco do Cinetatro recebeu os inconfundíveis beats do funk brasileiro;

Sábado, 21 de setembro, a energia eletrizante regressa, mas o fio condutor é o professor angolano Kilamú Killa.

No dia 19 de outubro, a professora moçambicana Catarina Panguana leva os participantes numa incursão pelo fascinante universo da marrabenta. As duas últimas sessões acontecem a 16 de novembro e 7 de dezembro e encerram o programa Europa Endlos com dois encontros em torno do conceito de “Norte”.  Em Novembro, recua-se no tempo e revisita-se a influência Celta e as suas danças na cultura ibérica; em dezembro aprofunda-se ainda esse estudo com uma sessão dedicada ao Vira minhoto.

Todas as sessões do BCN acontecem no palco do Cineteatro António Lamoso, sempre aos sábados, pelas 10h00. A inscrição é gratuita e pode ser feita através do e-mail bcnproducao@gmail.com

Sabia que Jean Claude Van Damme é a musa do Kuduro?

Aposto que não, mas nós também não sabíamos. 

“O kuduro imergiu nos anos de 1990, Sebém e Tony Amado são as duas figuras que personificam a sua fundação. (…) Tony Amado, uma espécie de pai do Kuduro, revela que se inspirou numa dança do ator belga Jean-Claude Van Damme para a criação de um novo estilo de dança que anos mais tarde se tornaria um estilo musical e uma nova expressão cultural de Angola. O que ele conta, mais precisamente, é que a inspiração para o novo estilo de dança denominada Kuduro, surgiu após assistir à dança de Jean-Claude Van Damme, numa cena do filme “Kickboxer” de 1989 ao som de “Feeling So Good Today”, por Beau Williams.

Um movimento e uma expressão cultural de jovens que teve o seu nome inspirado nas mexidas de rabo — ou do cu duro — de Jean-Claude Van Damme (…).

A maior lição disso tudo é que um filme não tem de ser “genial”, “ótimo”, ou “bom”, para ter relevância social e cultural e se tornar num verdadeiro culto.”

Clique aqui para ler o artigo completo.

Fique então com esta pérola do cinema de acção, com um ‘twist’ musical.

// Clique nos ícones para nos visitar nas redes sociais /

CLIQUE NO SINO VERMELHO EM BAIXO DO LADO DIREITO

SUBSCREVA GRATUITAMENTE

DIGA SIM ÀS NOTIFICAÇÕES DO DIÁRIO DA FEIRA,

E RECEBA AS NOTÍCIAS DE SANTA MARIA DA FEIRA, NA HORA, EM QUALQUER LUGAR

Diário da Feira sempre presente em Argoncilhe, Arrifana, Caldas de São Jorge e Pigeiros, Canedo, Vale, Vila Maior, Escapães, Fiães,  Fornos, Lourosa, Lobão, Gião, Louredo, Guisande Milheirós de Poiares, Mozelos, Nogueira da Regedoura, Paços de Brandão, Rio Meão, Romariz, Sanguedo, Santa Maria da Feira, Travanca, Sanfins, Espargo, Santa Maria de Lamas, São João de Ver, São Miguel do Souto, Mosteirô, São Paio de Oleiros

Notícias Relacionadas