(Vídeo) Lobão recria a identidade das suas gentes

Lobão preserva a identidade das suas gentes

Uma centena de figurantes no Caminho de Santiago por Lobão

• Uma iniciativa do Rancho Folclórico S. Tiago 

O projeto ‘Por Terra do Deus Maior’ do Rancho Folclórico de S. Tiago de Lobão levou, este domingo, às ruas da freguesia uma recriação histórica que recorda o antigo caminho para Santiago de Compostela calcorreado por milhares de peregrinos.

 

Mais de uma centena de figurantes concentram-se na Ponte da Chã para recriar uma época há muito esquecida. “De Souto Redondo, partia uma variante que seguia por S. Jorge com entrada na Chã, via Corga, Canedo e depois Carvoeiro e Lever. Trajetos que beneficiavam cidades, vilas e aldeias ao permitir a elevação de ermidas e igrejas, assim como albergues para os peregrinos”. A associação ofereceu, ainda, um abrigo para os peregrinos “descansar, lavar as feridas e continuar a sua jornada”.

 

 

Inspirado no livro ‘Lobão — Terra de um Deus Maior’, o projeto ‘Por Terra de um Deus Maior’, inserido no Programa de Apoio aos Projetos Culturais, pretende transmitir o “conhecimento da alma de um povo e o processo de construção da identidade das gentes da terra”.

 

Em setembro vai decorrer a segunda parte deste percurso — de Lobão até ao Porto Carvoeiro, em Canedo — no âmbito do projeto “Há Festa na Aldeia”. A organização deixa aqui o convite a todos. Os trajes estão a cargo do Rancho Folclórico de S. Tiago de Lobão.

 

CLIQUE NO SINO VERMELHO 

SUBSCREVA GRATUITAMENTE ÀS NOTIFICAÇÕES DO DIÁRIO DA FEIRA

Ajude-nos a entregar um jornalismo regional atrevido e sem tabus.

Somos um jornal diário e gratuito para sobreviver  precisamos dos seus cliques e da sua subscrição. 

CLIQUE NO SINO VERMELHO, CONFIRME A SUA SUBSCRIÇÃO