Feirense pedala em 2020 pela terceira época consecutiva

Feirense pedala em 2020 pela terceira época consecutiva

A entrada de Rafael Reis é a grande novidade da equipa Feirense para a próxima época

▌"Rafael Reis é um dos melhores corredores portugueses da atualidade", Joaquim Andrade

Ambição, juventude e espírito de união — marcam a apresentação da equipa de ciclismo do Feirense para a época 2020. 
 
O Clube Desportivo Feirense prepara-se para pedalar a terceira época consecutiva na estrada, os fogaceiros apresentaram cinco entradas e quatro renovações na equipa continental, que terá agora a designação Feirense — Rafael Reis, Gonçalo Amado, Fábio Oliveira, Rafael Ferreira e Afonso Eulálio juntam-se a Óscar Pelegrí, Bernardo Saavedra, António Ferreira e Luís Cabral.
 
A temporada de 2018 marcou o regresso ao ciclismo do emblema de castelo ao peito, no âmbito das comemorações do centenário do CD Feirense — um regresso bastante almejado pelo presidente Rodrigo Nunes, que não poupou esforços para manter o projeto da equipa de ciclismo na estrada na época vindoura. Em 2019, sob o lema ‘correr sempre para ganhar’, os corredores fogaceiros foram uma das equipas lusas mais vitoriosas da época; alcançaram seis vitórias na estrada e 16 medalhas em pista, sendo também campeões nacionais nesta vertente.
 
O trabalho rumo a um 2020 igualmente frutífero, já está em curso, e Joaquim Andrade, pela terceira temporada consecutiva, mantém a liderança diretiva da equipa — elegeu um grupo bastante jovem, mas pontuado de experiência e com predicados no ciclismo. 
 
“Constituímos uma equipa muito jovem para 2020, com corredores sub-23, mas também com ciclistas de grande qualidade”, explica Joaquim Andrade ao sublinhar que “Rafael Reis é um dos melhores corredores portugueses da atualidade, e o melhor contra-relogista do pelotão nacional”.

▌Pelegrí continua com a camisola do Feirense

Oscar Pelegrí, que mantém a sua ligação ao clube, mereceu a distinção do diretor-desportivo — Joaquim Andrade acredita que, em 2020, o ciclista espanhol “será o melhor sprinter do pelotão nacional”.

Quanto à juventude da equipa, Joaquim Andrade, frisa que, em provas de relevo do ciclismo nacional, os jovens talentos do Feirense já deram provas de grande responsabilidade — deu como exemplo dois corredores. 

António Ferreira fez uma temporada brilhante e venceu a mais dura prova do escalão Sub-23; Bernardo Saavedra, que há bem pouco tempo era um desconhecido, já é um dos melhores corredores do escalão”, diz Joaquim Andrade, ao explicar que “os restantes ciclistas têm uma enorme margem de evolução e nunca sabemos até onde podem chegar. Por isso, é importante manter esta nossa linha de interação entre corredores mais jovens e corredores mais experientes e com muita qualidade — à imagem do que aconteceu nestes dois últimos anos”, sublinhou.

Os rostos da equipa Feirense 2020

RAFAEL REIS, 27 anos, Portugal

A entrada de Rafael Reis irá trazer a experiência, desenvolvida em Portugal e no estrangeiro, deste prodígio do contra-relógio, que através da sua qualidade de contra-relogista já envergou por duas vezes a camisola amarela da Volta a Portugal, ao vencer o prólogo em 2018 e 2016, feito também alcançado no prestigiado Troféu Joaquim Agostinho, nos mesmos anos. O corredor, que já envergou em júnior e em sub-23 a camisola de campeão nacional de crono por quatro vezes consecutivas, marcou ainda o ano de 2016 com a importante conquista da camisola amarela do Grande Prémio Jornal de Notícias.

OSCAR PELEGRÍ, 25 anos, Espanha

Pelo segundo ano consecutivo, Oscar Pelegrí irá vestir as cores Feirenses. O espanhol destaca-se por ser um dos corredores mais rápidos do nosso pelotão, tendo por diversas vezes estado ao serviço de João Matias na presente época, pois além de rápido é um exímio lançador. O ano de 2019 ficou marcado pela vitória de etapa no Grande Prémio Abimota, competição na qual conquistou a camisola amarela no ano anterior. Além da vertente de estrada, tem vindo a destacar-se na
vertente de pista em provas de âmbito internacional, sendo um dos corredores da Selecção de para a qualificação do seu país rumo aos Jogos Olímpicos de Tóquio.

ANTÓNIO FERREIRA, 19 anos, Portugal
Nesta que foi a sua primeira época ao nível profissional, vindo da formação júnior Feirense, António Ferreira conquistou já neste ano a camisola amarela do GP Azores, com uma exibição de forte qualidade ao conquistar também a exigente etapa rainha. O corredor sub-23 continua a ser uma aposta para 2020.

BERNARDO SAAVEDRA, 21 anos, Portugal

Bernardo Saavedra (ou João Leite como também é conhecido) mantém-se pelo terceiro ano com a equipa Feirense. Medalha de bronze nos Campeonatos Nacionais de Sub-23 e uma peça importantíssima na nossa vitória no GP Azores, tem sido um dos jovens que mais tem crescido na modalidade, e assim continuará de castelo ao peito pela terceira época consecutiva.

FÁBIO OLIVEIRA, 25 anos, Portugal

Fábio Oliveira é mais um dos novos rostos da equipa em 2020. Caracterizado por ser um corredor todo terreno, fez a sua formação nas escolas do Sport Ciclismo S. João de Ver, que actualmente tem a cargo as equipas de formação do CD Feirense.

GONÇALO AMADO, 25 anos, Portugal

O corredor Gonçalo Amado destaca-se em grande medida por ser um dos melhores betetistas portugueses da atualidade. Os êxitos na vertente de BTT sucederam-se desde as camadas de formação, assinalando-se os cinco títulos de campeão nacional de XCO. Contudo, a paixão pela estrada tem-se evidenciado no seu percurso, apostando para 2020 em focar-se nesta vertente com a equipa Feirense.

RAFAEL FERREIRA, 20 anos, Portugal

O sub-23 Rafael Ferreira despertou a atenção do diretor desportivo Joaquim Andrade na Volta às Terras de Santa Maria, na qual correu como individual. A forte vontade em tornar-se corredor profissional, aliada à qualidade demonstrada, levam a equipa Feirense a apostar neste jovem corredor.

LUÍS CABRAL, 19 anos, Portugal

O jovem açoriano Luís Cabral sobe à equipa profissional vindo dos sub-23 das escolas do Feirense. Estagiou com a equipa profissional no final da época de 2019 e agarrou com unhas e dentes a oportunidade, que assim vê manter-se em 2020, ao demonstrar garra e qualidade em cada prova disputada.


AFONSO EULÁLIO, 18 anos, Portugal

Com apenas 18 anos, Afonso Eulálio sobe à equipa profissional vindo da nossa equipa júnior. Na presente temporada, destacou-se como um dos jovens juniores mais consistentes, chegando a arrecadar alguns triunfos no seu escalão, nomeadamente o Circuito de Argoncilhe, o Memorial aos Ciclistas de S. João de Ver e o Memorial Bruno Neves, para além de oito vitórias alcançadas na vertente de BTT.

PUB

CLIQUE NO SINO VERMELHO EM BAIXO DO LADO DIREITO

SUBSCREVA GRATUITAMENTE

DIGA SIM ÀS NOTIFICAÇÕES DO DIÁRIO DA FEIRA,

E RECEBA AS NOTÍCIAS DE SANTA MARIA DA FEIRA, NA HORA, EM QUALQUER LUGAR

Diário da Feira sempre presente em Argoncilhe, Arrifana, Caldas de São Jorge e Pigeiros, Canedo, Vale, Vila Maior, Escapães, Fiães,  Fornos, Lourosa, Lobão, Gião, Louredo, Guisande Milheirós de Poiares, Mozelos, Nogueira da Regedoura, Paços de Brandão, Rio Meão, Romariz, Sanguedo, Santa Maria da Feira, Travanca, Sanfins, Espargo, Santa Maria de Lamas, São João de Ver, São Miguel do Souto, Mosteirô, São Paio de Oleiros

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.