António Zambujo no Europarque — um sotaque alentejano que vai querer aplaudir de pé

António Zambujo no Europarque — um sotaque alentejano que vai querer aplaudir de pé

Um álbum arrojado, surpreendente e arrebatador que traz uma nova abordagem musical 

▌'Do Avesso' é o resultado de uma equipa de luxo que reuniu grandes talentos nacionais

“Do Avesso”, o novo álbum de António Zambujo, chega este fim de semana ao Grande Auditório do Europarque — um disco arrojado, surpreendente e arrebatador. 
 
O sotaque alentejano de António Zambujo conquistou o Brasil há dois anos depois de um homenagem a Chico Buarque, imortalizada no álbum e digressão “Até Pensei que Fosse Minha” (2016) — um inovador, de voz sublime e músicas de encantar que eleva a música portuguesa a outro patamar. 
 
‘Do Avesso’, apresentado, sábado, 7 de dezembro, pelas 21h30, no Europarque é uma nova abordagem à música — um disco arrojado, surpreendente e arrebatador; que deixa a sua marca perante plateias sucessivamente esgotadas.
 
“Eu já tinha pensado que este disco teria de ser diferente. E segui um caminho diferente: acabamos por fugir do som acústico, do balanço brasileiro, e aproximámo-nos mais de outras influências”, refere o músico ao falar de um álbum que contou com um elenco de luxo: Miguel Araújo, Luísa Sobral, Márcia, Arnaldo Antunes, Cézar Mendes, Jorge Monge e Mário Laginha e, ainda, de Aldina Duarte e Pedro da Silva Martins.
   
O artista António Zambujo, nascido em Beja, Alentejo, a 19 de setembro de 1975, continua a ser um pilar na representação da música, cultura e língua portuguesa além-fronteiras. Estreou-se em 2002 nos discos e desde então, alcançou uma série de prémios e distinções, pela sua capacidade evidente de procurar o arrojado e inesperado.

Se quiser assistir ao concerto clique no botão a lado para aceder a Ticketline.pt.

PUB

CLIQUE NO SINO VERMELHO EM BAIXO DO LADO DIREITO

SUBSCREVA GRATUITAMENTE

DIGA SIM ÀS NOTIFICAÇÕES DO DIÁRIO DA FEIRA,

E RECEBA AS NOTÍCIAS DE SANTA MARIA DA FEIRA, NA HORA, EM QUALQUER LUGAR

Diário da Feira sempre presente em Argoncilhe, Arrifana, Caldas de São Jorge e Pigeiros, Canedo, Vale, Vila Maior, Escapães, Fiães,  Fornos, Lourosa, Lobão, Gião, Louredo, Guisande Milheirós de Poiares, Mozelos, Nogueira da Regedoura, Paços de Brandão, Rio Meão, Romariz, Sanguedo, Santa Maria da Feira, Travanca, Sanfins, Espargo, Santa Maria de Lamas, São João de Ver, São Miguel do Souto, Mosteirô, São Paio de Oleiros

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.