A garra de “rei” Amado, vencedor em S. João da Pesqueira

A garra de “rei” Amado, vencedor em S. João da Pesqueira

Gonçalo Amado vence a 4ª etapa

▌Gonçalo Amado, envergando a camisola azul da montanha, vence a 4ª etapa – Foto: Miguel Pereira/Global Imagens

Disputou-se de 10 a 13 de junho, o 1º Grande Prémio Douro Internacional, com a presença da equipa Antarte – Feirense que foi protagonista nos quatro dias desta competição, com especial destaque para a vitória de Gonçalo Amado na 4ª etapa que ligou Resende a São João da Pesqueira, batendo ao sprint os seus colegas de fuga, naquela que foi a sua primeira vitória como profissional, tendo no mesmo dia conquistado o título de homem mais combativo.

O corredor da Antarte – Feirense, teve uma prestação de luxo ao longo de toda a competição, tendo logo na primeira etapa, com partida em Torre de Moncorvo e chegada a Mogadouro, envergado a camisola azul da montanha, não mais a largando, até ao final em Lamego onde seria coroado com o título de “Rei da Montanha”.

Já no que respeita à classificação geral, Bruno Silva foi o mais bem posicionado da equipa, em 11º lugar, a 1m39s do camisola amarela e vencedor final, o argentino Mauricio Moreira (Efapel).

Em todas as etapas a equipa Antarte – Feirense foi protagonista quer na defesa da liderança da montanha, quer nas diversas tentativas de fuga, a última das quais na última etapa em que Bruno Silva foi um dos heróis do dia integrando a principal fuga que colocou em suspense o resultado final da prova até aos últimos quilómetros.

De lamentar a queda de Vicente de Mateos, na última etapa, que levou ao abandono do GP Douro Internacional, tendo sido suturado, e com bastantes escoriações, hematomas e as inevitáveis dores, necessitará de alguns dias de repouso

Declarações de Gonçalo Amado:

“Um dia que nunca irei esquecer! Tenho trabalhado imenso para que este dia chegasse e finalmente chegou!!! Quero agradecer a toda a minha família, amigos, equipa/staff, a todos aqueles que me apoiam e sempre acreditaram em mim…É PARA VOCÊS.”

Declarações Do Diretor Desportivo, Joaquim Andrade:

“Foi uma excelente prestação do coletivo. Depois do assumir da liderança da montanha do Gonçalo, a equipa uniu-se na conquista dessa classificação, a vitória da 4ª etapa foi espetacular e merecida para aquele que foi um dos principais protagonistas desta exigente prova. Nota negativa apenas para a queda do Vicente, ficou bastante combalido, vamos aguardar o desenrolar da sua situação clínica, o mais importante é que esteja bem, toda a equipa está com ele e deseja que recupere bem e rápido.”

Leia ainda
👁️‍🗨️ Você é o leitor DF número
  • 2.113.274