De Mateos fecha top 20 na volta ao Algarve em bicicleta

De Mateos fecha top 20 na volta ao Algarve em bicicleta

Para Joaquim Andrade “o balanço final é positivo”

▌ANTARTE – FEIRENSE no comando das operações – Foto: CD Feirense / João Fonseca

De 5 a 9 de maio, disputou-se a 47.ª edição da Volta ao Algarve em Bicicleta, prova internacional de categoria ProSeries com a participação de 25 equipas, sete delas pertencentes ao escalão WorldTour.

A equipa ANTARTE – FEIRENSE, realizou uma prova regular com um bloco coeso que soube dar apoio aos seus líderes, mas também procurar as suas oportunidades.

Sendo que na primeira etapa, com chegada ao sprint, com vitória do irlandês Sam Bennett (Deceuninck-Quick Step), Vicente de Mateos e Rafael Silva foram os primeiros corredores Antarte-Feirense a cruzar a meta na 34ª e 35ª posições, ambos com o mesmo tempo do vencedor.

A segunda etapa, com final no exigente alto da Fóia, montanha de primeira categoria, Vicente de Mateos foi o primeiro corredor Antarte-Feirense a cruzar a linha em 36º lugar, na vitória do britânico Ethan Hayten (Ineos-Grenadiers).

Na terceira etapa, a equipa esteve em várias frentes, na fase inicial procurou integrar a fuga do dia, mas como tal não foi possível, assumiu a frente do pelotão na parte final da etapa com o objetivo de proporcionar ao seu sprinter, Rafael Silva, oportunidade de disputar os lugares cimeiros na chegada a Tavira, contudo, numa das quedas finais, que assolaram o pelotão neste dia, o Rafael viu-se obrigado a colocar o pé no chão, perdendo a oportunidade de entrar na luta pela vitória. Gonçalo Amado em defesa dos interesses da equipa e respondendo a um ataque de um adversário, acabaria por se isolar dentro dos 10 quilómetros finais, mas o duo não conseguiria levar o intento a bom porto, sendo que o irlandês Sam Bennett (Deceuninck-Quick Step) repetiu a vitória alcançada no primeiro dia e Vicente de Mateos foi novamente o primeiro corredor da Antarte-Feirense a cruzar a meta em Tavira na 18ª posição

Na quarta etapa, disputada em sistema de contra-relógio individual de 20,3 km, em Lagoa, Vicente de Mateos foi o corredor mais veloz da Antarte-Feirense, ficando a 2m15s do vencedor Kasper Asgreen (Deceuninck-Quick Step), subindo a 26º na geral.

Na quinta e última, com chegada no mítico alto do Malhão, o nosso corredor espanhol Vicente de Mateos, chegou no 25º lugar, a 57s do vencedor Élie Gesbert, da Arkéa-Samsic, sendo a classificação geral final ganha por João Rodrigues, da W52-FC Porto.

No balanço final Vicente de Mateos fechou o Top 20, António Ferreira foi 13º na Juventude e a equipa Antarte-Feirense ficou em 13º na classificação por equipas, entre as 25 classificadas.

Declarações Do Diretor Desportivo, Joaquim Andrade:

“O balanço final é positivo, procuramos as nossas oportunidades, e a equipa foi coesa e realizou o trabalho programado. No capítulo individual foi pena na terceira etapa a queda nos quilómetros finais ter impedido o Rafael Silva de culminar o excelente trabalho coletivo realizado nesse dia, O Vicente era o nosso homem para a geral, esteve no terreno montanhoso com os melhores, mas ainda lhe falta apurar um pouco o seu momento de forma, a cada corrida que faz tem sido evidente a sua progressão.

Parabéns aos meus corredores pelo trabalho realizado e parabéns ao João Rodrigues e á equipa W52-FC Porto pela vitória histórica desta importante competição”

Leia ainda
👁️‍🗨️ Você é o leitor DF número
  • 2.109.908