Pigeiros: facelift ambiental no Parque Empresarial para “minimizar impactos negativos”

Pigeiros: facelift ambiental no Parque Empresarial para “minimizar impactos negativos”

Emídio Sousa pretende que a requalificação avance até outubro.

▌Foto: DR/PD

Emídio Sousa, presidente da Câmara Municipal de Santa Maria da Feira,  esteve reunido esta semana com empresários do PERM – Parque Empresarial de Recuperação de Materiais para apresentar o projeto de Requalificação das Zonas Verdes da Avenida Principal e da Rotunda que irá avançar em outubro.

A requalificação prevista consiste na replantação de árvores e arbustos, bem como na criação de condições para a instalação de coberturas herbáceas, dando uma nova identidade paisagística ao local, mas não interferindo com as dinâmicas daquele parque empresarial.

Para o autarca Emídio Sousa, esta intervenção municipal irá “minimizar os impactos negativos e ambientais e dar um novo enquadramento paisagístico ao parque empresarial, valorizando todo aquele complexo industrial”, acrescentando ainda que “estamos num novo tempo para as atividades económicas onde a excelência e o cuidado no tratamento da paisagem reforçam também a competitividade das empresas”.

O PERM está vocacionado para a atividade de recuperação e reciclagem de materiais e tem já uma forte componente de proteção e valorização ambiental. Numa área total de 432 000m2 e em 232 lotes funcionam unidades ligadas ao setor automóvel, mas também empresas de transformação de madeiras, fornecimento de betão, reciclagem de papel, produção de colchões, fabrico de calçado, criação de produtos de cortiça, entre outras.

Leia ainda
👁️‍🗨️ Você é o leitor DF número
  • 2.105.001