Milheirós de Poaires: ficam sem armas de airsoft por “falta de documentação”

Milheirós de Poaires: ficam sem armas de airsoft por “falta de documentação”

Atletas também tiveram autos de contraordenação por violação das regras de confinamento

▌Foto: DR/PD

A GNR de Santa Maria da Feira, no dia 16 de fevereiro, identificou nove homens com idades compreendidas entre os 19 e os 39 anos que praticavam airsoft em violação das regras no âmbito da pandemia de COVID-19, no concelho de Santa Maria da Feira.

No decorrer de uma ação de policiamento, os militares da Guarda detetaram um grupo de homens a praticar a atividade desportiva airsoft numa zona desabitada da freguesia de Milheirós de Poiares, estando esta atividade proibida no âmbito do cumprimento das medidas de contenção da pandemia do COVID-19.

Os indivíduos praticavam esta atividade sem se encontrarem autorizados e fora das condições legais, usando 11 réplicas de armas de fogo, das quais nove longas e duas curtas.

Neste âmbito, foram elaborados nove autos de contraordenação por inobservância das regras para a atividade física e desportiva no âmbito do cumprimento das medidas de contenção da pandemia do COVID-19, sendo que as réplicas das armas de fogo foram apreendidas devido aos seus detentores não possuírem a documentação exigida por lei.

Leia ainda
👁️‍🗨️ Você é o leitor DF número
  • 2.084.508