Hospital S. Sebastião abre nova ala para infetados com Covid e poderá cancelar cirurgias

Hospital S. Sebastião abre nova ala para infetados com Covid e poderá cancelar cirurgias

Adiar as cirurgias programadas não urgentes é outra das intenções que poderá estar para breve

▌Foto: DR/PD

O crescimento exponencial de infetados por Covid-19 que estão internados no S. Sebastião estará a obrigar a administração a ativar uma nova ala que possa receber mais destes doentes – também as cirurgias não urgentes poderão ser canceladas.

Em pouco mais de uma semana o número de doentes internados por infeção de Covid-19, em Santa Maria da Feira, subiu de 15 para 55. 

Entre estes 55 doentes com o Covid-19, nove estão na Unidade de Cuidados Intensivos, que poderá albergar até um máximo de 12 doentes.

Agora a administração prepara-se para abrir uma terceira ala com capacidade para mais 25 doentes infetados – a abertura da ala está a ser preparada sob as orientações da Autoridade de Saúde Pública.

O hospital já possuía duas alas para estes doentes, também elas com capacidade para 25 pessoas, mas já estarão no limite.

Outro cenário, proposto por esta administração, ante uma linha contínua de crescimento no número de casos, será a contratação de mais camas no exterior. 

Neste cenário a direção do Hospital S- Sebastião pondera socorrer a ajuda de privados e instituições, para alojar doentes não infetados com Covid.

Adiar as cirurgias programadas não urgentes é outra das intenções que poderá estar para breve, confirmou fonte do Hospital, ao Jornal de Notícias.

Leia ainda
👁️‍🗨️ Você é o leitor DF número
  • 2.097.280