Raça fogaceira promete pedalar até ao topo na Volta a Portugal

Raça fogaceira promete pedalar até ao topo na Volta a Portugal

Joaquim Andrade quer “partir com o pensamento na procura da vitória.”

▌A prova mais dura do ciclismo nacional vai contar com sete fogaceiros | Foto: CD Feirense

Decore estes nomes: Rafael Reis, Oscar Pelegrí, Jesús Arozamena, Fábio Oliveira, Gonçalo Amado, Bernardo Saavedra e António Ferreira. Mais que levar a insígnia do C.D. Feirense esta é a equipa que vai representar o concelho na Volta a Portugal em bicicleta

De 27 de setembro até ao dia 5 de outubro, disputa-se a Volta a Portugal em Bicicleta, num ano difícil em que se celebra o 30.º aniversário da vitória do Feirense, por Fernando Carvalho na histórica Volta a Portugal, a equipa da Feirense “parte com ambição e expectativas elevadas”.

O início está previsto em Fafe e a prova vai terminar na capital – a prova terá transmissão em direto na RTP, para que todos os amantes do desporto e do ciclismo em particular, possam acompanhar aquele que é um dos maiores eventos desportivos disputados no nosso país.

Joaquim Andrade está entusiasmado e promete “partir com o pensamento na procura da vitória.” 

Recorde-se que Andrade é experiente nestas andanças – tem o ‘know-how’ de uma velha raposa do ciclismo nacional – sabe que tem pela frente “dias que nos são mais favoráveis e outros onde teremos que improvisar”. 

O diretor tem ainda consciência de ter sobre os pedais “uma equipa muito jovem”, mas afiança que “alguns deles tem já muita experiência e estão habituados ao ambiente e pressão dos grandes eventos.”

Para o Joaquim de Andrade, este ano de 2020 acrescenta uma pressão adicional: “num ano em que se comemoram os 30 anos da vitória do Feirense, queremos honrar o emblema que trazemos ao peito e dar alegrias a todos os sócios, adeptos, simpatizantes, pessoas, empresas e instituições que nos apoiam.”

Leia ainda
👁️‍🗨️ Você é o leitor DF número
  • 1.994.127