Viagem Medieval: O ano é de “interregno”, mas pode sempre saborear e ouvir

Viagem Medieval: O ano é de “interregno”, mas pode sempre saborear e ouvir

A iniciativa vai decorrer em vários restaurantes por todo o concelho

▌Os sabores da Viagem serão um memento daquilo que perdemos em 2020 | Foto: CM-Feira

Por esta altura (quase) todos os feirenses estavam preparados para a tradicional sande de porco, e o saudável debate em que taberna podíamos beber a melhor sangria do concelho de Santa Maria da Feira.

O convívio, o porco às voltas no espeto e a sangria às voltas no fígado, eram os grandes elos da gastronomia da Viagem Medieval em Terras de Santa Maria, mas havia muito mais que isso: na edição de 2019 tivemos uma afluência de novos sabores com muita pesquisa da nossa gastronomia medieval – incluído refeições vegan e até uma barraquinha, que nos surpreendeu por introduzir o bacalhau como ingrediente principal.

Este ano, “O Interregno”, (nome que seria dado a esta edição) realmente aconteceu e continua a ser um trocadilho que, infelizmente, não cansa.

Mas à boa maneira que nos caracteriza, vamos adaptar e superar – este ano os sons e sabores medievais vão ser ouvidos e degustados nos restaurantes de todo o concelho.

A maior incidência será nos restaurantes que se encontram no centro histórico da cidade, através da Semana Gastronómica Medieval que irá decorrer entre 30 de julho e 9 de agosto.

A iniciativa foi ‘cozinhada’ pela AHRESHISTÓRICA (Associação que reúne os empresários de restauração e bebidas do Centro Histórico de Santa Maria da Feira) esta Semana Gastronómica Medieval vai ter lugar nos dias em que iria decorrer a 24ª Viagem Medieval em Terra de Santa Maria para proporcionar sabores e experiências medievais aos munícipes e visitantes.

Também a Câmara Municipal de Santa Maria da Feira associa-se a esta iniciativa, permitindo que a Semana Gastronómica Medieval se possa estender a todos os restaurantes do concelho e acrescenta um programa de animação de rua com a temática medieval.

A zona histórica de Santa Maria da Feira ganhará nova vida com breves momentos de animação, decoração e sons medievais, relembrando aos munícipes e visitantes a maior recriação histórica da península Ibérica, em condições de segurança e cumprindo com as recomendações da Direção-Geral da Saúde. 

Pedro e Inês, no Castelo da Feira, Oxalá, Marionetas Circulantes e o Nabo Gigante, na Praça Gaspar Moreira, Saltimbancos e Inês de Castro, na Praça da República, Marionetas e Circo Galaico, nas Margens do Rio Cáster, e o espetáculo itinerante Burgo da Vila da Feira, preenchem o programa de animação nesta Semana Gastronómica Medieval.

Além da decoração que nos fará viajar no tempo, os restaurantes recriarão as suas ementas, apresentando diversas iguarias medievais e, simultaneamente, proporcionando diferentes experiências aos visitantes das principais praças e ruas do centro histórico de Santa Maria da Feira.

Leia ainda
👁️‍🗨️ Você é o leitor DF número
  • 1.912.784