Até 26 de julho a GNR vai intensificar a fiscalização nos autocarros

Até 26 de julho a GNR vai intensificar a fiscalização dos autocarros

De 2017 a 19, ocorreram mais de 16 900 acidentes envolvendo veículos pesados de passageiros

▌O cumprimento dos horário será uma das fiscalizações a levar a cabo pelos agentes | Foto: PD

De hoje a 26 de julho, a Guarda Nacional Republicana vai realizar uma operação de fiscalização seletiva de veículos pesados de passageiros. O objetivo é “garantir o cumprimento dos normativos legais aplicáveis” e promover a segurança rodoviária.

De 2017 a 2019, deram-se mais de 16 900 acidentes envolvendo veículos pesados de passageiros, dos quais resultaram 25 vítimas mortais e 77 feridos graves. 

De acordo com a GNR o “universo dos veículos pesados, assume especial sensibilidade o transporte público de passageiros” porque o incumprimento das regras de segurança e normas legislativas “poderá colocar em causa a segurança e integridade física” dos seus passageiros.

Assim, durante a operação “Passageiros em Segurança” os agentes vão incidir a fiscalização em alguns aspetos particulares a este setor como a verificação de existência de alvará para o exercício da atividade e o licenciamento ou de requisitos dos veículos, de dísticos e de certificado.

Os militares vão também estar atentos ao cumprimento dos itinerários e horários.

Os motoristas deverão estar atentos às regras relativas à instalação e uso do tacógrafo e à validade da sua carta de qualificação de motorista;

O excesso de lotação, distanciamento de segurança entre utentes e uso de equipamentos de proteção individual, o transporte de passageiro sem uso do cinto de segurança e outras infrações relativas às caraterísticas técnicas do veículo e equipamentos obrigatórios, nomeadamente, portas e janelas, extintor, caixa de primeiros socorros são os outros aspetos que também serão fiscalizados.

Leia ainda
👁️‍🗨️ Você é o leitor DF número
  • 1.903.213