Liberais exigem “mais voz” para os cidadãos na Assembleia Municipal

Liberais exigem “mais voz” para os cidadãos na Assembleia Municipal

Partido quer também a transmissão em direto da AM

▌Foto: Arquivo

A iniciativa Liberal  de Santa Maria da Feira apresentou, em comunicado, uma série de “ideias estruturais para o concelho” e reforçou a necessidade de mudanças de fundo na Assembleia Municipal; mais concretamente de como, e quando, os cidadãos do concelho podem intervir.

O partido acusa o município de obrigar “os cidadãos que querem intervir, a ter de esperar até ao fim da Assembleia Municipal (AM) para o poderem fazer” e lembram que habitualmente a AM “acaba tarde, bem depois da meia-noite, o que desincentiva os cidadãos a participar.”

Assim os liberais querem que “a intervenção do público passe para o início da AM” e que “haja também um período no fim” para os mesmos pedirem “esclarecimentos ou dar a opinião relativamente à sessão da Assembleia Municipal que acabaram de assistir”.

Outra das mudanças propostas pelo partido é de que “as Assembleias Municipais sejam gravadas, com a disponibilização ‘online’ em direto, através do site da Câmara Municipal”.

A terminar a IL defende ainda que “o local das Assembleias Municipais seja descentralizado” e que “se realize nas diversas freguesias do concelho, onde existam infraestruturas adequadas para a receber”.

Leia ainda
👁️‍🗨️ Você é o leitor DF número
  • 2.120.252