Zona envolvente ao Hospital recebe ‘pro bono’ da Indaqua, segue-se a USF de Rio Meão

Zona envolvente ao Hospital recebe ‘pro bono’ da Indaqua, segue-se a USF de Rio Meão

Indaqua cede recursos para desinfeção de áreas exteriores

▌A equipa atuou em zonas como a zona envolvente às urgências e morgue | Foto: Direitos Reservados

A Indaqua, que gere a concessão de água municipal, iniciou a desinfeção de ruas e espaços públicos — a ação é coordenada com o município da Feira e a proteção civil. 

Os trabalhos arrancaram hoje na zona envolvente ao Hospital S. Sebastião — a Indaqua adaptou um camião cisterna e pôs em marcha uma ação de desinfeção de ruas e espaços públicos em Santa Maria da Feira, coordenada pelo município e proteção civil, que selecionaram as zonas mais problemáticas.

Luís Lourenço, do departamento de comunicação da empresa, destacou que “todos os esforços serão poucos para minimizar os impactos desta pandemia na vida das populações”, fator pelo qual a Indaqua decidiu disponibilizar recursos.

Hoje, o camião que normalmente transporta água, transportou desinfetante — constituído por lixívia e uma concentração original de cloro livre a 5% diluída com água. Na mira das mangueiras esteve a zona envolvente às urgências, morgue e artérias de ligação ao hospital S. Sebastião.

As operações de desinfeção dos arruamentos estão a ser realizadas em dias de zero precipitação para potenciar o efeito do desinfetante — o serviço não tem custos para o município e, nas próximas semanas, irá alargar-se às artérias principais da cidade da Feira e a outras freguesias, com especial atenção nos equipamentos municipais.

Assim o próximo local deverá ser a Unidade de Saúde Familiar (USF) de Rio Meão, atualmente Área Dedicada COVID-19, mas tudo dependerá das orientações definidas pelos serviços municipais e proteção civil.

Leia ainda
👁️‍🗨️ Você é o leitor DF número
  • 1.903.499