Mais uma vez só deu Caldas — Goreti Silva Vicecampeã Nacional Corta-Mato 

Mais uma vez só deu Caldas — Goreti Silva Vicecampeã Nacional Corta-Mato 

Veteranas femininas arrebatam o 5.º lugar entre as 48 equipas presentes

Um arranque de época extraordinário para o atletismo do Caldas de Jorge, com os resultados dos atletas a catapultar o clube para um patamar de grande visibilidade — na Figueira da Foz não foi exceção e Goretti Silva sagrou-se Vice-Campeã Nacional de Corta-Mato.

Nesta prova, que decorreu no Parque das Abadias, na Figueira da Foz, a 15 de fevereiro, Beatriz Valente representou o Caldas de S. Jorge nas provas de Desporto Escolar, pela equipa de Entre Douro e Vouga; os restantes 13 atletas — Goretti Silva, Adelaide Oliveira, Ana Oliveira, Maria Oliveira, Patrícia Silva, Arlete Santos, Maria Valente, Lídia Ferreira, Albano Miranda, Nuno Sousa, Rui Moreira, António Bernardes e Renato Silva — vestiram a camisola do clube nas provas organizadas pela Federação Portuguesa de Atletismo (FPA).

A nível nacional as competições de corta-mato curto organizadas pela FPA constituem um ponto-alto para os praticantes da especialidade, mas a participação de atletas de elite não ofuscou a chama verde das termas.

Entre os resultados brilhantes conseguidos pela equipa feminina do Caldas o destaque vai para Goretti Silva que alcançou o título de Vice-Campeã Nacional, em F55. As restantes atletas apesar de não subirem ao pódio deram luta com resultados que se destacam entre as corredoras de elite: Adelaide Oliveira foi 6.º em F55, Ana Oliveira  9.º, Maria Oliveira 11.º e Patrícia Silva 12.ª todas no escalão júnior; Arlete Santos foi 19.ª em F40, Maria Valente foi 23.ª em F50 e Lídia Ferreira foi 195.ª em seniores. 

A qualidade dos resultados individuais colocou a equipa de veteranas feminina no 5.º lugar nacional, entre as 48 equipas presentes. 

A nível masculino o destaque vai para Albano Miranda que no escalão de M75 conquistou um brilhante 7.º lugar; Renato Silva em M50 foi 35.º, Nuno Sousa, em M40, foi 49.º e Rui Moreira 57.º, António Bernardo em M50 foi 59.º classificado. A equipa masculina não ficou no top 10, mas alcançou a 30.ª posição entre as 86 equipas presentes.

No mesmo dia e local, realizou-se uma das mais emblemáticas provas do calendário desportivo anual do Programa do Desporto Escolar, que na cerimónia de inauguração contou com a presença do secretário de Estado da Juventude e Desporto, João Paulo Rebelo — marcaram presença 1400 alunos em representação das 24 coordenações locais do Desporto Escolar. 

Beatriz Valente atleta do Caldas S. Jorge, competiu pela zona escolar de Entre o Douro e Vouga — conquistou o 11.º lugar nacional no escalão de juvenis, entre os 185 participantes. 

A prova foi renhida e havia motivação extra — as seis primeiras classificadas formariam a seleção Nacional do Desporto Escolar de juvenis, a representar Portugal, na 25.ª edição do ISF de Cross-Country, a realizar em Strebské Pleso, na Eslováquia, de 18 a 23 de abril de 2020. Beatriz Valente, não alcançou estes lugares, mas a atleta do Caldas foi novamente a melhor corredora classificada de Entre o Douro e Vouga, em femininos e masculinos entre todos os escalões.

Para a direção do clube das termas, um início de época marcante, com os seus atletas a registar presenças regulares e lugares de destaque nas provas nacionais, assegurando resultados que ultrapassam os objetivos previstos.

PUB - Clique no anúncio para aceder ao Facebook das Piscinas de Lourosa
👁️‍🗨️ Você é o leitor DF número
  • 1.326.739

Diário da Feira sempre presente em Argoncilhe, Arrifana, Caldas de São Jorge e Pigeiros, Canedo, Vale, Vila Maior, Escapães, Fiães,  Fornos, Lourosa, Lobão, Gião, Louredo, Guisande Milheirós de Poiares, Mozelos, Nogueira da Regedoura, Paços de Brandão, Rio Meão, Romariz, Sanguedo, Santa Maria da Feira, Travanca, Sanfins, Espargo, Santa Maria de Lamas, São João de Ver, São Miguel do Souto, Mosteirô, São Paio de Oleiros