DGS encerra oito Unidades de Saúde no concelho da Feira

DGS encerra oito Unidades de Saúde no concelho da Feira 

As medidas pretendem atenuar os números previstos para a fase de mitigação

▌O anúncio chegou ao final do dia de hoje| Foto: DR

O anúncio chegou ao final do dia, na página da autarquia, que prepara o concelho para a entrada na fase de mitigação da pandemia Covid-19 — o objetivo “é aumentar a segurança, através da separação de circuitos de utentes”, procedendo para isso à criação de uma área dedicada ao COVID-19 nos cuidados de saúde primários.

Texto: Tania Silva Imagem: Ventura Santos


A medida, levada a cabo pelo ACES Feira/Arouca, entrou em vigor à meia-noite do dia 26 de março e por tempo indeterminado, estando temporariamente suspensas oito unidades de saúde: Paços de Brandão, Vila Maior, Romariz, Sanguedo, Mozelos, Caldas de S. Jorge, Nogueira da Regedoura e Rio Meão.

A Unidade de Rio Meão não será encerrada, mas está a ser preparada para funcionar como área de cuidados de saúde primários de atendimento para o Covid-19.

Assim, para serviços mínimos e tratamento de casos não suspeitos de Covid-19, os utentes das oito freguesias devem agora dirigir-se às seguintes unidades de saúde: Paços de Brandão à USF Saúde Mais Santa Maria de Lamas, Vila Maior à UCSP ESTE Canedo/Vale, Romariz à UCSP Sul Escapães/Milheirós de Poiares, Sanguedo e Mozelos à USF Argoncilhe, Caldas de S. Jorge à UCSP Lobão, Nogueira da Regedoura à USF Sem Fronteiras S. Paio de Oleiro, Souto à USF Sudoeste Arrifana e Rio Meão à USF Cuidar S. João de Ver. 

As Unidades de Saúde USF Egas Moniz, USF Famílias, USF Fiães e USF Terras Santa Maria, não sofrem nenhuma alteração e permanecem a funcionar como habitual. 

A reconfiguração das unidades de saúde em funcionamento, são uma nova medida de combate ao vírus no concelho — tem como objetivo aumentar a segurança dos utentes, através da separação de circuitos de pacientes e da criação de uma área dedicada COVID-19 nos cuidados de saúde primários.

Face às reconfigurações e com o apoio da Câmara da Feira foram reforçadas as linhas de apoio telefónico das unidades de saúde. 

Os pedidos de receita médica devem encaminhar para o correio eletrónico criado especificamente para o efeito”, nomeadamente para o e-mai: ucsp.norte@arsnorte.min-saude.pt.

A medida já se encontra em vigor e pode ver as novas diretrizes clicando AQUI.

Em Mozelos, o encerramento da Unidade de Saúde, já foi divulgado e na sua página pessoal, José Carlos Silva, presidente da junta de freguesia, informa que para esclarecimento de dúvidas urgentes ou para situações inadiáveis, estão disponíveis os seguintes contactos telefónicos: 965 263 636 | 965 263 602 | 965 248 253. No entanto, “face à situação de emergência”, o presidente recomenda “ponderação e sensatez nos contactos telefónicos”, assim como a compreensão e colaboração dos utentes.

Em Santa Maria da Lamas a Unidade de Saúde funciona agora em horário mais alargado que será das 8h às 20h, nos dias úteis, estando para já encerrada aos fins de semana.

Até ao momento Santa Maria da Feira tem 61 casos confirmados, sem óbitos. 

Leia ainda
👁️‍🗨️ Você é o leitor DF número
  • 1.303.638
PUB

Diário da Feira sempre presente em Argoncilhe, Arrifana, Caldas de São Jorge e Pigeiros, Canedo, Vale, Vila Maior, Escapães, Fiães,  Fornos, Lourosa, Lobão, Gião, Louredo, Guisande Milheirós de Poiares, Mozelos, Nogueira da Regedoura, Paços de Brandão, Rio Meão, Romariz, Sanguedo, Santa Maria da Feira, Travanca, Sanfins, Espargo, Santa Maria de Lamas, São João de Ver, São Miguel do Souto, Mosteirô, São Paio de Oleiros

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.