Grupo Bébécar entra em ‘lay-off’ a 1 de abril

Grupo Bébécar entra em ‘lay-off’ a 1 de abril 

A medida deverá afetar cerca de 350 funcionários

▌Todas as empresas do grupo irão entrar em lay off | Foto: DF

Fonte próxima da empresa revelou ao Diário da Feira que o gigante da metalomecânica situado na freguesia Caldas de S. Jorge, Santa Maria da Feira, estará a sentir dificuldades por parte dos seus fornecedores na entrega matéria-prima.

Ao que junta, a ausência de muitos trabalhadores – uns por estarem a prestar auxílio aos filhos, outros por isolamento profilático. O elevado absentismo estará a dificultar o fluxo de trabalho das linhas de produção da empresa.

Por estas razões, a empresa que é uma referência mundial na indústria de artigos para bebé e que já soma 50 anos de serviço, decidiu acionar os mecanismos de emergência facultados pelo estado e envia os seus cerca de 350 funcionários para ‘lay off’.

O Diário da Feira apurou que o processo terá início no dia 1 de abril e até ao momento não foi possível confirmar a data para o regresso ao trabalho.

Leia ainda
👁️‍🗨️ Você é o leitor DF número
  • 1.263.720

Diário da Feira sempre presente em Argoncilhe, Arrifana, Caldas de São Jorge e Pigeiros, Canedo, Vale, Vila Maior, Escapães, Fiães,  Fornos, Lourosa, Lobão, Gião, Louredo, Guisande Milheirós de Poiares, Mozelos, Nogueira da Regedoura, Paços de Brandão, Rio Meão, Romariz, Sanguedo, Santa Maria da Feira, Travanca, Sanfins, Espargo, Santa Maria de Lamas, São João de Ver, São Miguel do Souto, Mosteirô, São Paio de Oleiros

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.