Desinfeções em locais e vias públicas chegam hoje a algumas freguesias

Desinfeções em locais e vias públicas chegam hoje a algumas freguesias 

Município relembra que o distanciamento facilita os trabalhos de desinfeção das vias

▌Os Bombeiros de Lourosa foram destacados para as manobras de desinfeção | Foto: CM Feira

O centro da cidade de Santa Maria da Feira e Fiães receberam ontem as primeiras medidas de desinfeção das ruas e locais de maior afluência — a partir de hoje o serviço alarga-se às restantes freguesias do concelho.

Texto: Tania Silva

A desinfeção e limpeza dos locais públicos do concelho tiveram início ontem às 13h00, no centro da cidade da Feira, mas no mesmo dia chegaram ainda a Fiães — manobras cuidadas e criteriosas das ruas e espaços públicos feirenses, escolhidos pela maior afluência de pessoas.

O serviço alarga-se, paulatinamente, a todas as freguesias do concelho, sendo que hoje será realizado nas freguesias de Santa Maria de Lamas, Lobão, Gião, Louredo, Guisande, Mozelos, Escapães, Arrifana e Fornos — uma nova medida implementada pela Câmara da Feira que pretende reduzir os riscos de propagação e quebrar a cadeia de contágio do Covid-19.

Emídio Sousa, presidente da câmara, reforça que esta é mais uma resposta à “situação de emergência de saúde pública” que enfrentamos — o edil relembra que o distanciamento social é a atitude recomendada para travar a evolução do Covid-19, um comportamento que auxilia os trabalhos de desinfeção das vias que estarão em curso.

Uma vez que nem todas as freguesias dispõem de equipamentos adequados para procederem à limpeza e desinfeção das vias e locais públicos os Bombeiros Voluntários do concelho ofereceram-se para a tarefa, sendo para já Lourosa a única corporação destacada para o fazer. Porém, conforme avançou Joaquim Teixeira, comandante da corporação de Arrifana, na eventualidade de ser necessário repetir estas manobras “temos sistemas para o fazer e damos a nossa disponibilidade”.

Hoje, os Bombeiros Voluntários de Lourosa levam a tarefa à sua cidade, mas o comandante da corporação, sublinha que se as restantes freguesias precisarem os bombeiros estão disponíveis. 

Para estas limpezas, os bombeiros adaptaram um veículo que não sendo para desinfeções permite realizar as tarefas, no entanto, deixa o aviso à população que é importante não se colocar lixo no chão.

“Umas das caraterísticas deste vírus é que se aloja com muita facilidade nos objetos, se os locais que vamos desinfetar tiverem resíduos, as limpezas serão mais difíceis e demoradas”, sublinha o comandante ao alertar para a necessidade de não se criar depósitos de lixo públicos.

Segundo o Diário da Feira apurou, a desinfeção é realizada com água pulverizada, sendo adicionado uma solução química disponibilizada pela Câmara da Feira — hipoclorito de sódio, numa concentração de 2% a 3%, ou seja, em 100L de água são adicionados 2 a 3L deste químico. 

Os locais destacados para esta desinfeção são: passeios e vias de maior movimentação, nomeadamente, farmácias, multibancos, Unidades de Saúde, paragens de autocarros, correios, Juntas das Freguesias, lares, centros de dia, entre outros. 

Leia ainda
👁️‍🗨️ Você é o leitor DF número
  • 1.265.393
PUB

Diário da Feira sempre presente em Argoncilhe, Arrifana, Caldas de São Jorge e Pigeiros, Canedo, Vale, Vila Maior, Escapães, Fiães,  Fornos, Lourosa, Lobão, Gião, Louredo, Guisande Milheirós de Poiares, Mozelos, Nogueira da Regedoura, Paços de Brandão, Rio Meão, Romariz, Sanguedo, Santa Maria da Feira, Travanca, Sanfins, Espargo, Santa Maria de Lamas, São João de Ver, São Miguel do Souto, Mosteirô, São Paio de Oleiros

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.