Casos confirmados na Feira começam a receber a alta

Casos positivos da Feira começam a receber a alta  

Sete casos positivos permanecem em tratamento no Hospital S. Sebastião 

▌Miguel Paiva, adminsitrador do CHEDV, confirma que três dos casos já tiveram alta

São três os casos conhecidos de Covid-19 em Santa Maria da Feira que entre ontem e hoje receberam alta – a jovem de 17 anos, aluna da Secundária da Feira, mãe e filha de Lobão, o primeiro caso de um bebé que nasceu de um caso positivo. 

Texto: Tania Silva Imagem: Ventura Santos

Miguel Paiva, administrador do Hospital S. Sebastião, em Santa Maria da Feira, confirmou esta manhã que os três primeiros casos confirmados em Santa Maria da Feira já se encontram em casa e a recuperar, estando a fazê-lo “sob vigilância médica”.

O administrador referiu que o caso mais preocupante foi sem dúvida o da jovem de 17 anos que, na altura do internamento, apresentava um quadre clínico mais grave.

O professor e diretor de turma da jovem, também foi infetado, mas já encontra em casa a recuperar. 

Sobre a situação atual da pandemia no Hospital S. Sebastião, o administrador, revelou ainda que estão internados em Santa Maria da Feira sete casos confirmados de Covid-19, sendo o paciente mais novo um homem de 66 anos.

Entre os dados apresentados por Miguel Paiva, relativos ao S. Sebastião, o mais negativo reporta há quarta morte registada em Portugal — uma paciente de 89 anos e um quadro clínico que já lhe era desfavorável. A paciente recuperava de um AVC,  estando completamente dependente de terceiros. 

Leia ainda
👁️‍🗨️ Você é o leitor DF número
  • 1.263.981

Diário da Feira sempre presente em Argoncilhe, Arrifana, Caldas de São Jorge e Pigeiros, Canedo, Vale, Vila Maior, Escapães, Fiães,  Fornos, Lourosa, Lobão, Gião, Louredo, Guisande Milheirós de Poiares, Mozelos, Nogueira da Regedoura, Paços de Brandão, Rio Meão, Romariz, Sanguedo, Santa Maria da Feira, Travanca, Sanfins, Espargo, Santa Maria de Lamas, São João de Ver, São Miguel do Souto, Mosteirô, São Paio de Oleiros

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.